Arquivo da categoria: Camel

Camel – Mirage (1974)


Camel é uma banda britânica formada por Peter Bardens(teclados),Andrew Latimer(guitarra e flauta),Andy Ward(bateria e percussão) e Doug Ferguson(baixo).

Nessa banda,os teclados e guitarra dominam.Os responsáveis por isso são Andrew Latimer,na guitarra,e Peter Bardens,no teclado.Os dois estão presentes em todas as músicas,enquanto um sola,ou outro dá a base,e vice-versa.

Para esses dois caras aí de cima fazerem o que fazem,solarem como solam,fazerem o que eu não consigo descerever aqui,é necessária uma base sólida,e é aqui que se destacam o baixo de Doug Ferguson e a bateria de Andy Ward.A importância desses dois caras é grande,e,além da importância para a banda,o som deles é muito bom.

Andy Ward,por exemplo,mantém o ritmo da bateria sempre quebrado e o baixo de Doug Ferguson pode ser ouvido em todas as músicas,às vezes empolgando tanto quanto a guitarra ou o teclado.

E quando digo que Latimer sola,não é aquele shred fritado e sem graça.É um solo com feeling e emocionante,quando é necessária a velocidade nos dedos,Latimer tem,quando é necessária a emoção e criatividade para as belas melodias,Latimer também tem,tanto para a guitarra quanto para a flauta,seu instrumento secundário.
Em Mirage,todas essas características principais estão presentes e,com apenas cinco, músicas esse álbum encanta e mostra a todos o que é o Camel.

Todas as músicas do álbum são ótimas,mas vou destacar aqui apenas duas:Nimrodel-The Procession-The White Rider e Lady Fantasy.

Com seus quase 10 minutos,Nimrodel encanta do começo ao fim.Seja pela voz de Latimer,pelos solos insanos durante o andamento da música,pelo mini-solo de Dave Ferguson ou pela bateria de ritmo quebrado e cheia de viradas de Andy Ward.O que eu disse sobre Latimer e Bardens alternarem a vez de solar fica claro aqui.Música perfeita.

Lady Fantasy é igualmente perfeita.Não há modo de destacar um único músico nela.Latimer honra a guitarra com seus solos,Andy Ward mostra como devem ser as viaradas na bateria;Bardens é foda pra caralho e Andy Ferguson é excepcional com seu baixo ritmando as músicas.

Porra!Esse álbum é muito bom.Espero que gostem!

PS:O Marcus diz que as músicas com Camel parecem música de vídeo game.Até que ele tá certo,as músicas combinariam perfeitamente com algum joguinho de aventura.Mas não importa,são boas de qualquer jeito!

Download